Confusão de Genitália

compartilhe

É a cirurgia para corrigir uma deficiência conhecida como sexo ambíguo. Várias  síndrome ligadas aos cromossomos X e Y ou não,  provocam um fenótipo sexual confuso. O papel do cirurgião é, depois de descoberto o sexo dominante (após a puberdade),  reconstruir o sexo propriamente dito. Adaptando a genitália ao sexo social.

Pacientes encaminhados por geneticistas que já estudaram o caso, fizeram o cariótipo, definiram a síndrome e encaminham o referido paciente para o tratamento cirúrgico pelo cirurgião plástico.

Repouso, cuidado com curativos.

Até 130 dias para todo o processo de cicatrização.